Português
中文繁體
English
Español
Français
Polski
Română
Русский

Artigos e notícias sobre a terapia com células-tronco

Artigos / Investigação em células estaminais / Novos tratamentos / Beike Biotech

Jocelyn McGlynn, estudante do Canadá, encontra as células-tronco

Combinação perfeita de células-tronco

Jocelyn McGlynn é uma aspirante a médica em seu quarto ano de ciência médica na Western University, no Canadá. Quando ela começou a sentir sintomas de faringite estreptocócica, ela foi ao médico para tratamento, mas a faringite estreptocócica não pareceu desaparecer, mesmo depois de semanas e dois testes negativos para estreptococo. Em novembro de 2018, após exames de sangue, ela foi diagnosticada com leucemia mielomonocítica aguda.

Seu médico sugeriu um transplante de células-tronco para restaurar a medula óssea saudável de Jocelyn após a quimioterapia. Seus irmãos Maxx e Zach tinham 25% de chance de combinar, mas isso estava longe de ser uma garantia e levou sua mãe, Jacqueline, a procurar ajuda no Facebook. “Esperamos que algo possa acontecer para Jocelyn ou para outras pessoas”, ela disse. “O transplante de medula óssea tende a assustar as pessoas devido à crença de que é um procedimento doloroso… A verdade é que houve avanços; eles literalmente colhem células-tronco de uma pessoa saudável e devolvem o equilíbrio do sangue ao doador. Não há dor e é como dar sangue; você recupera seu sangue menos as células-tronco que serão transplantadas ”.

As unidades de sangue e as clínicas de swab foram realizadas em cidades canadenses de Londres, Windsor, e em sua cidade natal, Chatham. A resposta foi esmagadora. O Western Stem Cell Club, uma das organizações participantes, realizou um evento recorde reunindo 767 swabs. A amiga mais próxima de Jocelyn, Olivia Pomajba, comentou: “Eu pensei que seria uma batalha difícil tentar convencer as pessoas a se inscreverem para isso, mas depois que perceberam o que estava acontecendo, as pessoas estavam tão animadas e dispostas a se inscrever”. o apoio se espalhou para além dessas três cidades, atingindo outras universidades e estudantes que a apoiavam também.

Terapia com células-tronco pode permitir que um paciente se submeta a drogas de quimioterapia mais intensas para tratamento. A quimioterapia pode matar grande parte da medula óssea, que é usada para criar novas células sangüíneas, então apenas uma quantidade limitada pode ser usada. Com as células-tronco, no entanto, essas drogas podem ser usadas em doses mais fortes para matar o câncer, limitando o risco de infecções, sangramento e outros efeitos colaterais graves associados a uma baixa contagem de células sangüíneas.

Finalmente, em 7 de fevereiro, Jocelyn anunciou no Facebook que havia encontrado uma combinação perfeita de células-tronco, expressando simultaneamente sua gratidão e desejo de ajudar os outros. Muito obrigado por seguir minha jornada … por andar ao meu lado e fortalecer-me ”, disse Jocelyn. “Seus pensamentos, suas orações, sua positividade; Eu posso senti-los todos os dias … Muito obrigado por todos que ajudaram a transformar minhas más notícias em algo bom. Eu sinto que vamos ajudar muitas pessoas com isso. ”

O transplante de células-tronco de Jocelyn ocorrerá no dia 20 de fevereiro. Se você gostaria de acompanhar sua história, veja ela Facebook

ELA (ALS) e a terapia com células-tronco

ELA (ALS), muitas vezes conhecida como a doença de Lou Gehrig, que também ficou famosa após o diagnóstico de Stephen Hawking, é uma doença progressiva sem cura. Há cerca de 15 novos casos diagnosticados todos os dias, e a maioria das pessoas com ELA morrerá dentro de 3 a 5 anos.
A compreensão e, portanto, as opções de tratamento para a doença têm sido limitadas, mas agora as células-tronco adultas estão se tornando uma forma promissora de combater a progressão da doença.
David Neufeglise, 41 anos, foi um dos pacientes que foram submetidos a um ensaio clínico de terapia com células-tronco para ALS. David, um engenheiro mecânico, estava completamente saudável quando começou a notar uma contração constante em seu braço.
Após testes por meses, ele finalmente recebeu o resultado do diagnóstico como ELA.
David rapidamente se juntou a um teste clínico no Massachusetts General Hospital em Boston e começou a receber terapias com células-tronco a cada 8 semanas.
As células-tronco vêm dos próprios pacientes e são multiplicadas e cultivadas até amadurecerem e se comportarem mais como células cerebrais.
Em seguida, eles são colocados de volta no paciente para ajudar a regenerar as células perdidas e, esperando, desfazer alguns dos danos causados ao cérebro e à medula espinhal.
O especialista em ELA, Dr. Merit Cudkowicz, explica que as “células-tronco dos próprios corpos das pessoas podem agir como um medicamento anti-inflamatório”.
Pesquisadores de células-tronco esperam que o tratamento resulte em diminuição da inflamação cerebral, já que a inflamação do cérebro pode piorar a ELA.
David é encorajado por seu tratamento e o que poderia fazer por ele e por outros portadores da doença. “Minha esperança para este teste é que, finalmente, os pacientes com ELA terão uma arma poderosa com a qual podem combater a doença”, diz ele. Cerca de 200 pacientes com ELA estão sendo recrutados para participar do estudo clínico.

Custos dos tratamentos com células-tronco

O tratamento com células-tronco é regularmente noticiado em todo o mundo. Principalmente os tópicos giram em torno de segurança, eficácia ou ética. Ultimamente, no entanto, o preço desses tratamentos também foi destacado. A Beike Biotechnology lançou recentemente seu novo protocolo na esperança de reduzir os custos do tratamento. Outros prestadores de tratamento nas notícias têm anunciado preços de células-tronco de 50.000 a 200.000 dólares. Embora as células-tronco possam valer a pena, o custo dos transplantes de células-tronco pode dificultar o tratamento das famílias.

Apesar dos milhares de artigos de pesquisa positivos e ensaios clínicos que mostram a eficácia das células-tronco, o tratamento não está prontamente disponível na maioria dos países, especialmente a um preço razoável. Nos EUA, por exemplo, é possível receber um tratamento com células-tronco para esclerose múltipla. A má notícia é que vai custar cerca de US $ 125.000 por paciente, não incluindo quaisquer medicamentos ou terapias de suporte. Além disso, este tipo de terapia celular (transplante de células-tronco hematopoiéticas) “não é eficaz na EM progressiva”.

Da mesma forma, um homem da Nova Zelândia com Esclerose Múltipla está viajando para Cingapura para tratamento com células-tronco hematopoiéticas. O custo deste tratamento é de US $ 200.000. Além disso, de acordo com o professor associado Bronwen Connor, da Universidade de Auckland, em relação aos transplantes de células-tronco hematopoiéticas “estudos internacionais mostraram que os sintomas poderiam recorrer ao longo do tempo e também houve algumas mortes associadas ao tratamento que foram maiores do que seriam aceitáveis ​​para a prática clínica. ‘”

Nosso tratamento, especificamente o novo protocolo da Beike Biotechnology, foi desenvolvido com as condições progressivas em mente e utiliza células-tronco adultas do sangue do cordão umbilical e mesenquimais, que não tiveram histórico de efeitos colaterais adversos em milhares de ensaios clínicos e tratamentos.

Outra notícia destacou um paciente com lesão na medula espinhal (SCI) que pagou US $ 50 mil por tratamento no Panamá. Neste momento este paciente não viu melhorias significativas.

Nossa equipe médica recomenda terapia física e ocupacional extensiva em combinação com o tratamento com células-tronco para Lesão medular, que é oferecido em nosso centro de tratamento parceiro Better Being Hospital. Nosso protocolo de tratamento de células-tronco inclui 6 injeções de células-tronco mesenquimais do cordão umbilical durante 25 dias com reabilitação intensiva é quase metade do custo do Panamá, US $ 31.000.

Além disso, a estimulação epidural espinhal no final do ano passado, em combinação com a terapia com células-tronco, foi considerada uma opção de tratamento muito eficaz para a Lesão medular, permitindo que os pacientes movessem voluntariamente seus membros previamente paralisados. No total, nosso abrangente tratamento com células-tronco + estimulação epidural é inferior a US $ 80.000 para uma reabilitação intensiva de 45 dias.

Nosso tratamento abrangente com células-tronco custa a partir de US $ 19.000. Para informações detalhadas sobre nossos pacotes de tratamento.

Acompanhamento nutricional personalizado para nossos pacientes

Além do acompanhamento com a equipe de nutricionistas do hospital Better Being, nossos pacientes recebem aulas de culinária para aprenderem a preparar as refeições ideais para cada condição. A dieta seguida no hospital é personalizada para cada paciente e é preparada com base nos exames que são realizados no primeiro dia de tratamento.

As refeições para nossos pacientes estão inclusas no pacote do tratamento, e consistem em café da manhã, almoço e jantar, tudo isso preparado na própria cozinha do hospital, que utiliza produtos selecionados para garantir a qualidade dos alimentos. A dieta balanceada vem diariamente com uma etiqueta constando o nome do paciente e o quanto de calorias ele está consumindo, de acordo com o que ele precisa de energia.

Para as crianças, a equipe de nutricionistas prepara algumas atividades de culinária também, para que elas entendam e vejam o que precisam comer para melhorar constantemente. Os pais recebem as orientações sobre a melhor maneira de alimentar os filhos e todos participam juntos das explicações sobre como construir uma dieta balanceada.

Segundo a nutricionista Sarah Janssen, durante o tempo em que o paciente passa pelo tratamento, ele consegue desintoxicar o corpo e eliminar as toxinas que vinha acumulando até então, e passa a se alimentar adequadamente. Ela diz também que os produtos para o preparo das comidas são preferencialmente adquiridos por produtores locais, fazendo com que os pacientes recebam uma dieta mais saudável com produtos orgânicos.

Toda esta atenção com a alimentação faz parte da abordagem da Medicina Funcional, que se preocupa com as interações entre genética, fatores ambientais e de estilo de vida que podem influenciar a saúde a longo prazo. E pela experiência da nossa equipe médica, essa atenção especial dada à nutrição reflete diretamente no estado geral de saúde dos pacientes, que ficam mais saudáveis para receberem o tratamento com células-tronco e podem presenciar mais melhorias.

Novo tratamento de alta potência para doenças como Ataxia e Esclerose Múltipla

A Beike Biotecnologia está recomendando um novo protocolo de alta potência para doenças degenerativas que utiliza uma maior quantidade de células-tronco adultas derivadas do cordão umbilical. O tratamento reduz o tempo e os custos necessários devido a menor quantidade de injeções, com cada pacote contendo uma quantidade mais concentrada de células. Este protocolo de tratamento contém 200 milhões de células-tronco e pode ser feito em oito (8) dias. O tratamento inclui injeções intravenosas (IV) e punção lombar (LP) de ambos os tipos de células-tronco adultas, mesenquimais (MSCs) e do sangue do cordão umbilical (UCBSCs).

Este novo protocolo de alta potência foi projetado especificamente para pacientes com doenças degenerativas, como a Ataxia, Cirrose Hepática, Doenças dos neurônios motores (MND), esclerose múltipla (MS) e lúpus eritematoso sistêmico (LES). Os pacientes que sofrem com estes tipos de condições, devem receber o tratamento com células-tronco e outras terapias mais regularmente, a fim de diminuir continuamente a progressão da doença e tratar os sintomas. Com menos tempo necessário, nós estamos esperando que os pacientes e suas famílias tenham mais facilidade em receber o tratamento e, assim, levar uma melhor qualidade de vida e sentir menos a progressão da doença.

A principal vantagem desta técnica de tratamento foi a capacidade da Beike para produzir bolsas de células-tronco mesenquimais do cordão umbilical em quantidade de 50 milhões de células por pacote, sendo que o padrão é de 20 milhões por bolsa. Estas bolsas de alta potência são exclusivas da Beike Biotecnologia e só estão disponíveis através deste novo protocolo de alta potência.

Como a ênfase é possibilitar tratamentos mais regulares, não estamos incluindo as terapias intensivas do hospital Better Being neste protocolo. Recomendamos que todos os pacientes continuem suas terapias em casa tanto antes como depois do tratamento, já que é de extrema importância que esse tipo de paciente faça as terapias que auxiliam no processo de recuperação e ajudam no trabalho das células-tronco injetadas.

*É possível também que o paciente prolongue sua estadia ou adicione mais pacotes e terapias adicionais de acordo com as recomendações da nossa equipe médica.

As bolsas mais concentradas de células foram concebidas pelos laboratórios da Beike especificamente para as condições que requerem uma dosagem mais elevada de células. Devido à natureza degenerativa destas condições, a maior quantidade de células no corpo irá continuar a se diferenciar de forma adequada por um longo período de tempo. A segurança e eficácia deste novo protocolo são baseados em pesquisas clínicas e pesquisas feitas pela Beike Biotecnologia e outros estudos terceiros.

Para obter informações detalhadas sobre este protocolo de condição degenerativa específica, incluindo tipos de células estaminais, quantidades e custo

Novas possibilidades para o tratamento do Autismo

Medicina funcional para o tratamento do autismo

Dr. Torsak é especialista em Autismo e responsável pelo hospital Better Being, onde são feitos os tratamentos com células-tronco da Beike. Você pode conferir abaixo uma entrevista com ele sobre a abordagem da medicina funcional no tratamento para o Autismo, que é uma condição que pode alterar a interação social dos pacientes, entre outros sintomas.

De onde surgiu o seu interesse no tratamento do autismo? Como você se envolveu com tratamentos de autismo e grupos como o Instituto de Pesquisa sobre Autismo?

Sete anos atrás, quando eu praticava a medicina funcional e integradora para condições crônicas comuns, a mãe de uma criança autista, que levava o filho para ver um médico nos Estados Unidos regularmente, se aproximou de mim e perguntou se eu poderia ajudar. Eu comecei a trabalhar com a família e este médico dos Estados Unidos desde aquela época. Então isso se expandiu para a comunidade autista local. Eu comecei a assistir às conferências sobre o assunto, e ganhei o certificado pela ARI (Autism Research Institute para tratamento do Autismo) como médico atuante na luta contra o Autismo, então, expandi meus serviços internacionalmente anos mais tarde. Parecia muito natural que eu deveria me envolver mais nesta área depois de conhecer tantas famílias e crianças com autismo. Eu continuei trabalhando em estreita colaboração com a família, o médico norte-americano, e a comunidade do autismo. A maioria dos meus pacientes chega a mim por meio de referências desta família e da sociedade do autismo.

Qual seu status e certificações que possui nos grupos relacionados ao Autismo?

Atualmente, eu sou um médico credenciado pelo Instituto de pesquisa do Autismo (Autism Research Institute), um dos muitos nesta região. Eu também sou um profissional certificado pelo Instituto de Medicina Funcional (IFM) – o único na Ásia. Tenho um mestrado em Toxicologia nutricional, o qual não há muitos. E por fim, sou um professor de mestrado sobre esses temas, nas universidades Dhurakij Pundit University e Mae Fah Laung University. Eu tento ficar atualizado e envolvido o máximo que posso nesta área.

Que pesquisa você está fazendo para que a comunidade do Autismo possa ler e aprender mais?

Agora eu estou trabalhando em um artigo intitulado “bioacumulação de chumbo no cabelo e associação com Transtornos de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) em crianças tailandesas.” e a expectativa é que se conclua em um ano, mostrando alguns insights interessantes sobre uma possível causa de sintomas do autismo. Também estou planejando a realização de um estudo sobre “Conservantes de alimentos e mudanças comportamentais” para o próximo ano. Ambos são fatores que podem ser controlados imediatamente, por isso pode ser muito útil.

Qual é a coisa mais importante para pacientes e pais para entenderem sobre a desordem do espectro autista (ASD)?

O autismo é a manifestação de muitos fatores interagidos, que incluem problemas genéticos e estilo de vida, alimentação, fatores ambientais, até mesmo muitos possíveis desequilíbrios fisiológicos, tais como problemas imunológicos, deficiências nutricionais, acumulações tóxicas, etc. Muitas coisas ainda podem ser gerenciadas, embora alguns não possam, a fim de modular o resultado clínico final.

Qual é o seu conselho para os pais lidarem com o autismo?

Meu conselho é começar com sua rotina diária, que pode precisar de alterações: alimentos limpos, alimentos nutritivos, atividade física regular, garantir um bom relaxamento, sono, etc.

Faça exames nessas áreas, se necessário. Depois disso, você pode considerar algumas intervenções, como suplementação, oxigenoterapia hiperbárica (OHB), treinamento especial, Estimulação Magnética Transcraniana (TMS), tratamento com células tronco, etc.

A Medicina Funcional é o futuro dos tratamentos para Autismo?

Este conceito já é o futuro de todas as condições crônicas. É o conceito de cuidado do próximo século.

O que mais você gostaria de compartilhar sobre o autismo?

Os fatores não modificáveis, tais como genes, nem sempre são o nosso destino. Nosso corpo está funcionando como o resultado de muitos processos interativos. Mesmo se não podemos mudar alguns fatores, há tantas coisas que ainda se pode trabalhar para modificar as funções do nosso corpo. Se mudarmos a forma como olhamos para o mesmo problema, vamos ver muitas possibilidades pela frente.

Alimentação & Nutrição

A comida é, de longe, a maior preocupação para a maioria dos pacientes que vêm para a Tailândia. Eles geralmente não sabem o que esperar, como é diferente de seus hábitos alimentares em seus países de origem e sempre há dúvidas se eles serão capazes de se adaptar a uma nova culinária que é tão radicalmente diferente das que eles estão acostumados.

Felizmente para os pacientes, o departamento de nutrição da Better Being é um dos maiores ativos do hospital, que está sempre se certificando de que os pacientes da Beike recebam alimentos nutritivos suficientes. Isso permite que os pacientes desfrutem de uma comida deliciosa.

No primeiro dia em que um paciente chega ao hospital, a equipe faz um exame de sangue dele e, com base nas informações do exame, a equipe determina que tipo de nutrição alguém precisa. Sendo totalmente consciente das condições e necessidades do paciente, ela conserta a comida de acordo e modifica a dieta para melhor se adaptar a qualquer condição. Além disso, pacientes e cuidadores até aprendem a preparar alguns dos pratos que a equipe prepara para continuar a ter esse estilo de vida saudável em casa.

A Beike Biotechnology e a Better Being Hospital têm a sorte de ter um trabalhador tão comprometido e profissional entre seus funcionários. Os pacientes estão mais do que felizes com a dieta diária, eliminando hábitos alimentares negativos atravéz do aconselhamento.

Financiar o seu Tratamento com Células Tronco

Tratamento de células-tronco e hospitais dos EUA

Uma estadia no hospital dos Estados Unidos para um procedimento complicado pode custar em média uma pequena fortuna, às vezes até 10 mil dólares americanos por noite. Isso não significa que a terapia com células-tronco é barata – mas sim que é relativamente acessível. . Enquanto a ciência das células-tronco continua avançando, e até mesmo a nossa investigação já que a equipe médica aqui na Beike Biotechnology está trabalhando em novos métodos diariamente, e esta nova tecnologia que tem um custo alto.

Assim, o departamento internacional da Beike criou um pequeno guia para ajudar seus pacientes a organizar a sua campanha de angariação de fundos. Inspirados por centenas de pacientes nossos que fizeram as suas viagens possíveis através de campanhas sabíamos que outros pacientes poderiam seguir os seus passos. O guia é um simples processo de três passos: Preparar, Iniciar e Divulgar.

Como começar a financiar o seu tratamento de células-tronco?

Além disso, aqui estão mais algumas dicas e links úteis para otimizar o máximo de seus esforços.
Para aqueles que querem começar um blog simples, recomendamos Tumblr ou Blogspot. Estes são os sites muito simples que têm toda a funcionalidade necessária para espalhar a palavra e ajudar com a coleta de suas doações e interagir com os seus apoiantes.
Outro site que tem tido grande sucesso em ajudar os outros a realizar seus objetivos é Go Fund Me. Um ótimo site é o crowd sourcing que permite aos usuários receber doações para realizar qualquer coisa de viajar o mundo para começar seu próprio negócio. Por último, uma conta PayPal é quase uma obrigação para a arrecadação de fundos online. Este site é essencialmente uma conta bancária on-line – seguro e simples.

Aproveite essas oportunidades, e não se esqueça que a Beike terão prazer em ajudar a compartilhar seu blog ou informações de angariação de fundos com a nossa própria rede. Basta entrar em contato com o seu representante da Beike com as informações necessárias.

Lembre-se, você não está sozinho e para receber o tratamento que você precisa não tem necessariamente que recorrer ao banco. Às vezes, você pode receber a ajuda de que precisa simplesmente perguntando a outras pessoas.

Share This